AJUFE INDICA SÉRGIO MORO PARA O STF

CADEIRA VAGA

Ajufe sugere três nomes de juízes para o Supremo Tribunal Federal

Por Livia Scocuglia

A Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe) formou a lista tríplice com indicações para compor o quadro de ministros do Supremo Tribunal Federal, em decorrência da aposentadoria do ministro Joaquim Barbosa, no final de julho. A associação indicou o desembargador do Tribunal Regional Federal da 4ª Região Leandro Paulsen, o juiz federal do Paraná Sérgio Fernando Moro e o desembargador do TRF-3 Fausto De Sanctis.

A escolha dos nomes foi feita por meio de consulta entre os associados da Ajufe. Ao todo, 362 associados votaram em até três nomes, o que somou 949 votos. A lista deve ser encaminhada para a presidente da República, Dilma Rousseff.

Sérgio Moro (foto) recebeu 141 votos. Ele atua em vara criminal especializada em lavagem de dinheiro e crime organizado, tendo jurisdicionado em diversos casos importantes como o do Banestado e o da Petrobras e exercido a função de juiz instrutor do Supremo Tribunal Federal em 2012. É tido como “linha dura”.

 

 

 

 

 

O desembargador do TRF-3 Fausto Martin De Sanctis (foto) recebeu 134 votos dos associados. Destacou-se ao atuar em ações penais relacionadas a crimes do colarinho branco, como lavagem de dinheiro, como os processos relativos ao Grupo Opportunity e ao Grupo Camargo Correa. Sua atuação linha dura lhe rendeu diversos processos disciplinares, mas contou com apoio dos juízes federais e dos procuradores da república.

 

 

 

 

Com 123 votos, Leandro Paulsen (foto) é o únicro tributarista indicado. Assumiu como juiz federal em 1993, exercendo funções como a de Juiz Auxiliar do Supremo Tribunal Federal por duas vezes (2007 e 2009/2010), a convite da ministra Ellen Gracie. Antes da magistratura, atuou como Procurador da Fazenda Nacional.

 

 

 

 

 

Site CONJUR.

 

Compartilhar

« Voltar

Deixar uma Resposta

Você precisa estar logado para postar um comentário.